Programa

No início deste programa é dado a cada participante um guião correspondente ao Roadmap da transformação digital, que lhe permite registar os passos que a sua Organização deverá seguir para implementar o plano de transformação. Em cada sessão é também feito o “wrap-up” das sessões anteriores de forma a ficar claro como este “circulo virtuoso” permite criar o roadmap para a transformação digital da sua organização.

Sessão 1: Imaginar [Envision]

Nesta sessão o Docente Pedro Ruivo começa por fazer a introdução ao itinerário para fazer a transformação digital, com as pistas sobre metodologias de transformação de negócio e algumas das tecnologias facilitadoras, entre as quais a Internet das Coisas, Machine Learning e Big Data.

Construir a Visão para a transformação digital passa por avaliar as forças competitivas com as quais a sua organização se depara, com base em técnicas de “Competitive Intelligence” que serão apresentadas e trabalhadas pelos participantes, com
Luis Madureira. Com um posicionamento claro no ambiente e contexto competitivo que nos rodeia, podemos passar ao esboço e ao delinear da visão estratégica do futuro do negócio e das transformações necessárias. Apresentam-se vários casos reais que servem de exemplo desta preparação e são também integradas na equação para tomar a decisão de fazer a transformação digital, as análises de valor e de riscos potenciais. No final desta 1ª sessão os participantes sabem quais são os elementos básicos necessários para se tomar a decisão de avançar para a transformação digital, em que pressupostos e qual o ritmo.

Sessão 2: Envolvimento [Engagement]

Na 2ª sessão é feita uma introdução sobre a gestão de mudança na organização e nas competências que a transformação digital pode impactar, pelo Docente Pedro Ruivo.

Um dos factores críticos de sucesso para uma transformação digital é a criação de equipas de Excelência Digital numa organização, as quais vão ser responsáveis pela condução e dinamização da agenda digital, assegurando que os programas digitais são implementados e geridos de forma eficaz e eficiente em toda a organização. Alexandre Nilo Fonseca apresenta as ferramentas para a Avaliação de Competências Digitais de forma a identificar claramente competências, capacidades (interna e externa), pontos fortes e fracos na organização, de forma a criar o plano de prioridades para o desenvolvimento das competências e capacidades, identificar futuros parceiros e fornecedores e tomar a decisão “DO! or BUY?!”. Vários casos reais vividos em 1ª pessoa são também apresentados como ilustração das estratégias de Envolvimento.

Sessão 3: Transformar [Transform]

A gestão de processos de transformação e inovação começa por ser introduzida, na 3ª sessão, pelo Docente Pedro Ruivo, que introduz também o conceito da “servitization” (servitização) e da Industria 4.0.

A relação entre a servitização e a Economia Circular; a forma como as empresas (em muitos casos da área industrial) passam de uma óptica de produtos e modelos de comercialização tradicionais para uma óptica de oferta de serviços que suplementam a sua oferta tradicional, são aspectos a desenvolver por Jorge Portugal. O potencial da transformação digital permitir implementar rapidamente novos modelos de negócio, com as óticas de processos de inovação radical, incremental e de processo são também parte desta sessão, com inúmeros casos nacionais e internacionais de sucesso.

Sessão 4: Optimizar [Optimize]

Na 4ª sessão fecha-se o ciclo do roadmap de transformação digital, com a exploração da transformação para o espaço do B2C (“business to consumer”) e B2B2C (“business to business to consumer”). Após a introdução pelo Docente Pedro Ruivo, que trará alguns exemplos de empresas reconhecidas mundialmente, Pedro Janela expandirá sobre os conceitos e aplicações para maximizar a “customer centricity” e as novas soluções de marketing digital. Entre outras, Apps, Realidade Virtual, Performance Marketing, Mobile Marketing e como estas ferramentas estão a ajudar as organizações a implementar uma experiência única e 360º em omni-canal são alguns dos temas para transportar a transformação digital para o exterior da organização e para acelerar a adoção dos novos modelos de negócio criados.